Contadores de Histórias – Pacientes em Hospitais

O Projeto Contadores de Histórias – Pacientes em Hospitais tem por objetivo formar voluntários para contarem histórias a crianças, jovens, adultos e idosos hospitalizados. A finalidade é de levar a eles, além de companhia e alegria, cultura, entretenimento e informação de maneira a contribuir com seu bem-estar mental e emocional, levar o incentivo a leitura e contribuir com a humanização do ambiente hospitalar, por meio da contação de histórias.

O contato com as histórias sejam elas infantis, juvenis ou mesmo adultas, deixam o ambiente mais leve, fazendo fluir o imaginário lúdico do paciente, tirando-o por um momento daquela situação insalubre causada pela tensão da doença, conseguindo transformar o triste ambiente hospitalar em esperança e motivação para a superação dos males.

Fotos do Projeto

O ambiente hospitalar é difícil para qualquer paciente, porém para crianças e adolescentes este período pode tornar-se ainda pior, pois estarão privados de brincar, ir a escola e ficar longe do convívio familiar.

Com isso, o objetivo principal dos Contadores de Histórias será o de levar diversão e arte, e consequentemente cultura, através da leitura e contação de histórias, sejam por mímica, declamação, música e etc., com muita interatividade, carinho, atenção e amor para com os internos.

Nosso país possui um importante amparo para proteger e melhorar as condições de vida do cidadão, e é um dever não só do Estado, mas da sociedade como um todo também.

Levar a leitura e acesso a cultura a estas pessoas é um exercício de cidadania, onde possibilitaremos momentos de criatividade e imaginação.

Os benefícios dos contadores de histórias em hospitais há muito já é comprovado, não somente apenas por familiares que estão no local, mas também pelas equipes de profissionais que estão atuando junto aos internos.

Objetivos Específicos

  • Levar ao ambiente hospitalar momentos de alegria e descontração, através de um ato de cidadania, consequentemente levando cultura, educação e saúde aos atendidos;
  • Incentivar a leitura, através de estímulos com o manuseio de livros e interatividade com os contadores;
  • Preparar voluntários para atuarem com qualidade na arte de contar histórias, trabalhando de forma consciente e comprometida;
  • Promover capacitação freqüente a estes voluntários através de oficinas ministradas por arte educadores (oficinas sobre recursos auxiliares e técnicas para contar histórias, impostação de voz, utilização de recursos auxiliares como dobraduras, fantoches, balões, etc. e também palestras sobre o universo infanto-juvenil, o ambiente hospitalar, entre outros);
  • Oferecer suporte aos voluntários, preparando-os a fragilidade do ambiente hospitalar;
  • Monitorar o trabalho realizado pelo voluntário através de relatórios periódicos, corrigindo falhas no decorrer do processo e motivando para os êxitos.


Receba a sua Newsletter

E-mail:

Faça Pessoas Felizes!

Quero Participar

Facebook

Fotos e Vídeos